O Que é a Vida

O que sei sobre a vida: vida é todo organismo que troca energia com o meio ambiente, podendo gerar, ao longo do processo histórico, descendentes férteis que assegurarão sua continuidade até que as condições ambientais impeçam suas adaptações a esse meio-ambiente, levando-os à extinção generalizada.

Na realidade, todas as coisas caminham para extinção em obediência à Lei da Entropia. O próprio universo já está condenado, os anos que lhe restam equivalem a 250 bilhões anos, quando, então, na forma de energia pura, reage, se comprime, aumentando a pressão e temperatura a tal ponto que um novo sopro o fará renascer "das cinzas", em toda sua diversidade, e, quem sabe, sobre novas leis da física e da química.

A energia é pré-existente, ela não desaparece em um "Nada", pois, se assim fosse, do Nada poder-se-ia extrair alguma coisa, como o Nada é coisa alguma, logo ele não existe. O que existe é o Todo que é Tudo sem faltar nada. Assim, se toda matéria desintegrada se transforma em energia, a recíproca inversa também é verdadeira: matéria não é senão energia integrada e composta. Como já disse alguém, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.

Quanto ao homem: o cérebro como matéria altamente desenvolvida e organizada, produto do desenvolvimento histórico, reflete a realidade material exterior e com ela se interage. No processo da interação societária, por exemplo, os homens necessitam da comunicação oral entre eles. Dessa necessidade, surge a linguagem, que fixa a memória, fator fundamental para o desenvolvimento da estratégia e da ação.

Os homens premidos pela necessidade de sobrevivência estabelecem relações sociais históricas independentes de sua vontade ou ignorância. No interior dessas formações históricas, percebem, então, que não há um roteiro pré-estabelecido, nada trouxeram do berço que lhes deem um significado para a vida. Surgem daí as especulações filosóficas e as crenças religiosas.

Diante da facticidade e historicidade de sua existência, surge, quase sempre, o sentimento de abandono, derrelição, nascendo daí a necessidade de cada um construir ele mesmo um significado para sua vida. E cá estou eu tentando dar sentido também para essa minha insignificante vida.

solonsantos@yahoo.com.br - Ligeiras notas de aniversário.